Operação deixa um morto e três acusados de assalto a banco

Operação deixa um morto e três acusados de assalto a banco

0

Três pessoas foram presas, nesta terça-feira (5), durante a Operação Serpente, deflagrada em conjunto pelas polícias Civil e Militar com o objetivo de cumprir 14 mandados de busca e apreensão e cinco de prisão temporária, no município de Xique-Xique, distante 583 quilômetros de Salvador.

Adriano Cavalcante Ribeiro, o “Sapinho”, Hugo Ribeiro Porto e Rubem de Almeida Silva foram presos simultaneamente em locais díspares. Um quarto alvo, Adriano Bonfim da Silva, o “Sombra”, reagiu a tiros à abordagem da polícia e acabou ferido. Conduzido ao Hospital Julieta Vianna, ele não resistiu e morreu.

Entre os presos, todos suspeitos de envolvimento em roubos a banco, chamou a atenção a quantidade de armas que Adriano Ribeiro guardava: uma submetralhadora Beretta, calibre 40, uma espingarda Boito, calibre 12, um rifle Winchester, calibre 44, um revólver Tauros, calibre 38, munições de diversos calibres, rádios transmissores, três toucas “brucutu” e cinco camisas com tecido de camuflagem, tipo caatinga.

Hugo, por sua vez, estava com um revólver Tauros, calibre 32, e uma pistola 38, de fabricação artesanal, e Rubem com uma pistola 380 e 14 cartuchos. Já Adriano da Silva tinha um revólver Taurus, calibre 38, três cartuchos deflagrados e três intactos. Ele era suspeito de participação na tentativa de roubo ao Banco do Brasil, de Irecê.

Participaram da Operação Serpente as seguintes unidades da PC e PM: 14ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Irecê), Delegacia Territorial (DT), de Xique-Xique, CPE, CIPE Semiárido, CPRCH, CIPT Chapada e 7º Batalhão de Polícia Militar. IB

Campartilhe.

Deixe Um Comentário

Facebook login by WP-FB-AutoConnect